Receita Federal: Segundo Leilão Regional de mercadorias apreendidas será no dia 25 de junho

Fonte: - Em Economia - 10/06/2019 17h 22min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Receita Federal: Segundo Leilão Regional de mercadorias apreendidas será no dia 25 de junho

A Alfândega do Porto de Belém irá realizar o segundo leilão regional de mercadorias apreendidas deste ano, o qual inclui várias unidades da Receita na região Norte, como a Delegacia da Receita Federal em Porto Velho. O leilão será no dia 25 de junho. A classificação e apresentação das propostas ocorrerá às 10h, e o lances às 16h, horário oficial de Brasília.

         As propostas já podem ser apresentadas, exclusivamente pela Internet, até às 18h do dia 24 de junho (horário oficial de Brasília). Podem participar do leilão pessoas físicas e jurídicas, portadores de certificado digital válido. Os interessados podem ofertar seus lances de qualquer lugar do país. 
         As mercadorias estão organizadas em lotes e inclui veículos, caminhão e eletrônicos diversos. Para participar do leilão, o interessado deve utilizar o certificado digital e seguir as orientações constantes no edital.
         A visitação das mercadorias ocorrerá nos dias 06 a 12 de junho e de 17 a 21 de junho, horário: 08h30 às 11h30 e 14h00 às 17h00 (horário local). 

         Edital e Informações podem ser obtidas na Delegacia da Receita Federal em Porto Velho, na Av. Rogério Weber, 1.752 - Centro, fone (69) 3218-5050 – ramal 1 – logística, ou ainda no site www.rfb.gov.br, na opção Leilão - Sistema de Leilão Eletrônico.

 

 

Fonte: Delegacia da Receita Federal em Porto Velho/Ascom

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO