Professor pula corda com aluno cadeirante e vídeo viraliza

Fonte: go.hurb.com - Em Brasil - 10/11/2019 09h 07min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Professor pula corda com aluno cadeirante e vídeo viraliza
Professor pula corda com aluno cadeirante no colo e vídeo viraliza na web — Foto: Reprodução/ Facebook

Inclusão. Essa é a palavra que tomou conta da internet nos últimos dias. Isso porque João Hoffmann, um professor de educação física, compartilhou um vídeo pulando corda com seu aluno cadeirante. A iniciativa aconteceu na cidade de Taubaté (SP) durante a aula do professor e foi filmado por outro colega de trabalho.

João conta que Heitor, seu aluno cadeirante, viu alguns amigos pulando corda durante um tempo livre de brincadeiras e pediu para pular junto. Sem pensar duas vezes, pegou o menino no colo e deu um jeito dele participar da brincadeira.

 

Créditos do vídeo: Regional Press Oficial

 

A mãe do menino, Nathália Nascimento, diz que o comportamento do filho mudou totalmente. Afinal ele sempre via a educação física como uma aula não muito divertida, porque nunca conseguia participar das atividades, mas depois da iniciativa do professor, Heitor passou a esperar ansioso para a chegada dos dias das aulas.

Mas essa não foi a primeira atitude do professor que merece aplausos. Desde o início do ano, quando começou a dar aula para a turma de Heitor, ele procura mostrar a importância da inclusão para todas as outras crianças e já foi filmado outras vezes fazendo algum tipo de brincadeira “adaptada”. Segundo João, “Não há preço que pague ver o mundo de uma criança ficar maior”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO