Pedófilo finge ser gay e agenciador de modelos para fotografar adolescente

O acusado foi denunciado na tarde de quarta-feira (14), tentou fugir, mas foi preso por populares no bairro Residencial Jamil Boutros Nadaf.

Fonte: Repórter MT - Em Policial - 15/08/2019 10h 24min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Pedófilo finge ser gay e agenciador de modelos para fotografar adolescente
O acusado vai responder pelo crime de fotografar e filmar criança ou adolescente em situação de pornografia.

Um homem, identificado pelas iniciais R.L.A.C., 48 anos, foi preso na tarde de quarta-feira (14), após a mãe da menor M.E.S.B., 14 anos, o denunciar por crimes sexuais contra sua filha. O acusado foi preso no bairro Residencial Jamil Boutros Nadaf, em Cuiabá.

O acusado, que estava com um ferimento no braço esquerdo devido à ação de populares que ajudaram a imobilizá-lo, foi encaminhado ao Pronto-Socorro da Capital para receber atendimento médico.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a mãe da adolescente, identificada por E.P.N., 44 anos, relatou que R.L.A.C. foi até sua casa, há cerca de uma semana, e se apresentou à família como sendo homossexual e agente de modelos. O acusado estava interessado em fotografar a menor com a proposta de transformar a adolescente em uma modelo.

Nos dias seguintes a garota passou a sair todos os dias sozinha com o homem para vários pontos da cidade como, Shopping Pantanal, 3 Américas, beira Rio Coxipó do Ouro, Parque das Águas, Manso, entre outros.

E.P.N. começou a desconfiar da relação que o acusado estava desenvolvendo com a filha após ela voltar para casa das fotos sempre com R$ 50 e contar que as fotos, sempre feitas de biquíni e em posições sensuais e sexuais, eram feitas pelo celular pessoal do acusado.

Então a mulher compareceu à Delegacia para fazer uma denúncia contra o homem, que após buscas no sistema policial foi verificado duas passagens por crimes relacionados à pedofilia.

A Polícia Militar (PM) fez buscas pelo endereço de R.L.A.C., onde o encontrou e o encaminhou à Delegacia Central de Flagrantes.

O acusado vai responder pelo crime de fotografar e filmar criança ou adolescente em situação de pornografia. Ele foi ouvido pelo delegado e liberado em seguida.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO