Mãe e filho são resgatados de casa que desabou em Curicica, Zona Oeste do Rio

Imóvel de três andares, mais um terraço, ficou escorado em construções vizinhas.

Fonte: G1 - Em Geral - 12/08/2019 11h 11min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Mãe e filho são resgatados de casa que desabou em Curicica, Zona Oeste do Rio

Uma casa de três andares, mais um terraço, desabou na comunidade Vila Sapê, em Curicica, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta segunda-feira (12). Mãe e filho foram retirados com vida após quatro horas de resgate e chegaram conscientes ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste..
Por volta das 8h50, os bombeiros já tinham conseguido se comunicar com as vítimas sob os escombros:
 

Rayane Silva Martins, de 21 anos, retirada dos escombros às 10h25;
E o filho dela, Nicolas Domingos Martins, de 3 anos, salvo meia hora depois.
 
 

“Ele estava bem, lúcida, conversando com a gente o tempo todo, mas muito nervosa. Estabilizamos, colocamos oxigênio para ela, mas para nossa surpresa a criança não estava com ela. Ouvimos o choro, mas era um choro de medo. Fomos seguindo o som e achamos a criança num colchão. Ela estava protegida por um bolsão de ar sob uma laje”, contou Bastos.


Sérgio Gomes, coordenador de operações da Defesa Civil, contou que um total de quatro imóveis serão demolidos. O que desabou, o lateral, onde ele está escorado, e outros dois, que são feitos de madeira.


“Vamos manter um perímetro de segurança, vistoriar as casas ao redor. No momento, a Defesa Civil está auxiliando os moradores a retirar os pertences e, em breve, a gente vai começar a demolição”, contou Gomes.

As duas vítimas conversavam com os agentes e davam informações para ajudar no trabalho de resgate.


Um balão de oxigênio foi levado pelas equipes para auxiliar nos trabalhos de resgate. Os agentes também retiraram móveis, lama e terra do local para conseguirem acessar as vítimas.


Um áudio que circula em um grupo de aplicativo de moradores de Curicica teria sido gravado por Raiane momentos depois de ficar entre os escombros.

"Gente, pelo amor de Deus, a minha casa caiu em cima de mim, e o meu filho está gritando. Alguém manda uma ambulância, por favor", diz o áudio.
 

O desabamento
 
Por volta das 6h40, bombeiros do Quartel de Jacarepaguá foram acionados para o local do desabamento, na Rua Cordeiro do Rio, na Vila Sapê.


Segundo testemunhas, o pai de Rayane chegava do trabalho no momento em que o imóvel desabou. A mãe e o menino, que estavam no primeiro piso da casa, se preparavam para ir à escola.


Um dos vizinhos das vítimas, cuja casa foi atingida, Josué da Silva, contou que ouviu os gritos dos moradores no momento do desabamento.


"Quando eu acordei, a geladeira já estava quase caindo em cima de mim. Eu acordei meu irmão, a gente levantou e empurrou a geladeira. Aí eu escutei, do primeiro barraco, a mãe e o filho gritando 'Meu filho, meu filho, me ajuda!' e daqui a pouco alguém conseguiu tirar o filho dela. Depois, a gente soube da outra mãe e o filho presos no outro barraco", explica Josué.
 

Outras Imagens

Mãe e filho são resgatados de casa que desabou em Curicica, Zona Oeste do Rio
Mãe e filho são resgatados de casa que desabou em Curicica, Zona Oeste do Rio
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO