Jaqueline Cassol cobra respostas sobre fechamento da superintendência do Banco do Brasil em Rondônia

Deputada defende permanência da instituição e questiona falta de diálogo com a sociedade antes da decisão

Fonte: Da Assessoria para o Jornal Eletrônico Inforondonia.com.br - Em Rondônia - 15/08/2019 14h 02min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Jaqueline Cassol cobra respostas sobre fechamento da superintendência do Banco do Brasil em Rondônia

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) pediu ao Presidente do Banco Brasil, Rubem de Freitas Novaes, que a decisão de fechar a superintendência da instituição no estado de Rondônia seja revista. A parlamentar também questionou a falta de diálogo antes da definição.
A notícia sobre o fechamento da superintendência surpreendeu a todos, gerou descontentamento em toda classe empresarial no estado e deu origem a uma manifestação de repúdio por parte da Assembleia Legislativa de Rondônia. A Diretoria do Banco do Brasil também informou que realizará reestruturação de agências de vários municípios de Rondônia.

A reivindicação foi apresentada à deputada pelo Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro do estado de Rondônia, que considerou a decisão “drástica”. Jaqueline Cassol questionou o presidente do Banco do Brasil sobre a falta de diálogo com a população e com representantes do estado, antes da decisão.“Fechar a superintendência em Rondônia vai fazer o setor produtivo buscar negócios em outros estados. Além disso, isso pode gerar uma série de demissões e aumentar o tempo que nossa população espera pelo atendimento.”

A deputada aguarda resposta da diretoria do Banco do Brasil, em Brasília, sobre os pedidos feitos.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO