Governo de Rondônia investe em segurança e treina policiais com uso de câmeras durante abordagens

Fonte: SECOM/RO - Em Tecnologia - 15/08/2019 15h 30min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Governo de Rondônia investe em segurança e treina policiais com uso de câmeras durante abordagens
“Body Cam” que serão usadas acopladas ao corpo dos policiais

Em Vilhena, o governo de Estado, por meio da Polícia Militar, iniciou esta semana a capacitação dos policiais militares que utilizarão as chamadas “boy cam”, câmeras acopladas ao corpo, que permite a filmagem de todo procedimento policial.

A ideia é filmar as ações dos militares durante as abordagens e patrulhamentos. O treinamento começou na quarta-feira (14), e está sendo realizado no comando do 3º Batalhão de Vilhena.

O equipamento foi recentemente adquirido pelo governo de Rondônia. A ferramenta, além de tornar mais ágil e efetivas as ações policiais, também é uma forma de evitar abusos, bem como falsas denúncias contra policiais em suas atividades.

As imagens captadas serão armazenadas em um servidor de dados e poderão auxiliar em situações investigativas, quando for necessária a constituição de provas.

O Programa de Instrução visa regular a atividade referente ao manuseio e capacitar os policiais a operar o Sistema Mobile/ Body cam PMRO, possibilitando o emprego eficaz do equipamento durante a atividade policial.

A duração da instrução será de três dias, com o encerramento na próxima nesta sexta-feira (16). As demais frações pertencentes ao 3º BPM têm previsão de realização da capacitação entre os dias 28 e 30.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO