Encerrados primeiros cursos de agosto na Escola do Legislativo

Mais de 100 alunos concluíram as disciplinas com 20 horas/aula de duração cada uma da programação do mês de agosto

Fonte: ALE/RO - Em Educação - 13/08/2019 17h 34min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Encerrados primeiros cursos de agosto na Escola do Legislativo

Dois cursos da grade de agosto da Escola do Legislativo, que pertence à Assembleia Legislativa (ALE) estão sendo encerrados na última sexta-feira (8). Eles foram iniciados na última segunda-feira (5), cada um com 20 horas/aula de duração e concluídos na última semana. 

Mais 100 pessoas tiveram seus conhecimentos ampliados, após a participação nos cursos de Oficina de Expressão Facial e Corporal para Interpretação e de Tradução em Libras e Administração e Finanças Pessoais. 

Os inúmeros cursos oferecidos pela Escola do Legislativo atende a servidores da Casa e seus familiares, das câmaras de vereadores e prefeituras, além de órgãos públicos como Ministério Público (federal, estadual), demais poderes, além de autarquias e superintendências. As vagas excedentes são oferecidas ao público e sempre completadas devido à grande procura. 

“A Escola presta um enorme serviço à ALE e demais segmentos públicos na melhoria da qualificação do serviço público, além de ajudar a ampliar o currículo de boa parte da população, que nos procura em busca de aprimoramento da prestação de serviços”, diz o presidente da ALE, deputado Laerte Gomes (PSDB). 

Segundo o diretor geral da Escola, Fábio Ribeiro, foram concluídos dois dos 13 cursos que estão na programação de agosto. Até o final do mês serão encerrados os demais cursos, alguns entrando pelo mês de setembro, devida carga horária “e teremos mais de 500 pessoas qualificadas, mais bem preparadas, para atender a demanda do serviço público no Estado e de vários segmentos da sociedade”, afirmou. 

Os cursos são gratuitos e no ato da inscrição é solicitada a doação de uma lata de leite em pó de 400g, ao Banco de Leite da escola, que posteriormente distribui a dezenas de entidades beneficentes, cadastradas, que atendam crianças acima de um ano e a idosos.

Texto: Waldir Costa/Assessoria

Foto: Assessoria

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO