DÍVIDA: Mulher com bebê no colo é agredida por vendedor ambulante, RO

Fonte: Folha Sul Online - Em Policial - 13/09/2019 11h 11min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
DÍVIDA: Mulher com bebê no colo é agredida por vendedor ambulante, RO

Um casal acionou a polícia na manhã da quinta-feira, 12, após a mulher, que tem 28 anos, ter sido agredida em casa por um vendedor ambulante, de quem havia comprado produtos. O caso aconteceu no Residencial União, em Vilhena.

 

Em contato com as vítimas, a polícia soube que eles haviam comprado um enxoval de um ambulante, e que última parcela era para ser paga no dia 08 de setembro, mas, seria acertada três dias após o vencimento, quando ocorreu a situação.

 

Na manhã da quinta-feira, o vendedor foi até a casa das vítimas e, ao receber o dinheiro, empurrou a mulher. Ela caiu ao chão, com a filha de 11 meses, que estava em seu colo e bateu a cabeça. 

 

No momento, o esposo chegava em casa, e ao ver a situação, correu em direção ao agressor. O ambulante, que eles conhecem apenas como Flávio, foi até seu carro, pegou um facão e disse para o homem não se aproximar dele. Em seguida, fugiu do local em um Pálio preto, com placa de Cuiabá (MT).

 

O casal relatou também ter sofrido ameaças vindas de Flávio, que pegava fotos deles nas redes sociais, as enviava por aplicativo de troca de mensagens e dizia que publicaria as imagens em grupo dos Facebook, com um texto que denegriria a imagem das pessoas ameaçadas.

 

A guarnição fez diligências, mas não encontrou o suspeito. O caso está registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) para futuras providências.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO

Mais Notícias da Categoria: Policial