Bullying, abandono dos pais e obsessão por games marcaram vida de atirador

Segundo Tatiana Taucci, mãe de Guilherme Taucci Monteiro, a família não desconfiava que o jovem tivesse qualquer comportamento violento

Fonte: Metro 1 - Em Geral - 14/03/2019 16h 07min

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Bullying, abandono dos pais e obsessão por games marcaram vida de atirador

A mãe de um dos atiradores que invadiram a escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, afirmou ontem (13) que o filho abandonou os estudos a um ano de concluir o ensino médio, por sofrer bullying.

Tatiana Taucci, mãe de Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, disse à Folha de S. Paulo que a família não desconfiava que o jovem tivesse qualquer comportamento violento. No entanto, ele dedicava muito tempo à internet e aos jogos de computador.

A mãe do jovem enfrenta problemas de dependência química, o que o levou a ser criado pelos avós. Com a morte da avó, quatro meses atrás, Guilherme passou a dar sinais de tristeza permanente.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
COMENTE
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu. A DIREÇÃO