MENINO ÓRFÃO DE PAI É TORTURADO POR IRMÃO: 'QUERIA EDUCÁ-LO'

A vítima foi encontrada com ferimentos na perna, na cabeça e em duas costelas

Data: 11/01/2017 18:38 hrs
Fonte: News Rondonia

A polícia prendeu um jovem de 28 anos suspeito de espancar e torturar o irmão, de apenas 11 anos, na casa onde moram na Vila Santa Helena, em Goiânia. O caçula passou a morar com o irmão mais velho e a cunhada depois que o pai morreu, já que a mãe mora no Maranhão.

Segundo informações do G1, a vítima foi encontrada com ferimentos na perna, na cabeça e em duas costelas. Em depoimento, o menino contou que apanhava todos os dias do irmão e da mulher dele, que não foi localizada. O suspeito de cometer as agressões diz que só 'queria educar o irmão'.

“Tem um ano já de tortura. Ela [cunhada] que gosta de me amarrar muito. Me amarrava no pescoço e amarrava as minhas mãos. Me amarrava de um jeito que, se puxasse minha mão, ia me enforcar. Colocava ‘trem’ na minha boca para eu não falar, tipo um pano, passava fita. Tinha chute. Cinto era de vez em quando”, relatou o menino. 

O caso foi descoberto depois que uma vizinha chamou a polícia após ver o menino ferido.

"A gente nunca percebeu nada mesmo. A gente só percebeu hoje quando o menino saiu do portão e estava mostrando [as agressões] para os outros meninos porque ele não estava aguentado a dor. Ele chorava muito. Ficou muito assustado”, declarou a vizinha, que prefere não se identificar.

Preso em flagrante, o jovem está detido na carceragem da Delegacia de Capturas.

“Certamente, a DPCA irá ouvir essa cunhada, uma vez que o próprio menor disse que ela o segurava para apanhar. Ela pode ser indiciada por tortura também. Inclusive, um dos instrumentos de tortura, que era uma corda, foi apreendida”, disse o delegado.

O conselheiro tutelar Rondinelly Barbosa informou que a criança foi levada para um abrigo enquanto buscam a mãe do menino.

“Vamos tentar localizar essa possível mãe que ele diz. Se não for manifestado interesse de ninguém da família para acolher, provavelmente ele não tem mais ninguém em Goiânia, provavelmente essa criança deve ir para a fila de adoção e depois se adotada por alguma família”.

O delegado afirma que ela também pode responder criminalmente pela situação do filho.

“A mãe pode ser indiciada por abandono de incapaz”, completou.

 

MENINO ÓRFÃO DE PAI É TORTURADO POR IRMÃO: 'QUERIA EDUCÁ-LO'

MENINO ÓRFÃO DE PAI É TORTURADO POR IRMÃO: 'QUERIA EDUCÁ-LO'

Outras Notícias