Dias maus- Por João Antonio Pagliosa

Por mais guerreiros que sejamos, as vezes dá vontade de desistir de lutar...

Data: 19/05/2017 09:25 hrs
Fonte: News Rondônia
Dias maus- Por João Antonio Pagliosa

O bom é que esta vontade dá e logo passa... É preciso continuar lutando. Recuar... Jamais!

O Brasil vive dias maus, essencialmente porque vivemos crises de decência em nossas Empresas, em nossas Instituições, e nas muitas esferas minadas de homens públicos néscios, iníquos e mentirosos. Os políticos roubaram a decência do país, de há muito... Há que resgata-la...

Vivemos um mar revolto... E, num momento em que o país inicia seu crescimento e as coisas começam a se ajeitar, esta quinta feira, 18 de maio, foi de quebrar o ânimo dos mais fortes... Mas não dá para sossobrar... Não dá para sair da racionalidade...

Maracutaias muitas envolvendo a JBS estão sendo veiculadas na mídia, há pelo menos cinco anos... E o BNDES deve explicações ao contribuinte brasileiro há no mínimo cinco anos. Afinal, dinheiro não aguenta desaforo...

Há uma frase de Confúcio que diz:" Aquele que não prevê coisas  longínquas, expõe-se a desgraças próximas."

Meu instante de reflexão sobre este pensamento sinaliza sobre a prudência com o FORA TEMER das ruas... Não podemos agir contra o País!

Não podemos agir contra nossos próprios interesses... E é isso que faz a massa tresloucada... Parece coisa do capeta!

É preciso ouvir todas as explicações do presidente Temer, e agir conforme a lei. Apenas isso! Chega de loucuras contra o BRASIL!

E por óbvio, continuar trabalhando firme e forte... É isso que o país precisa...

Cada um em seu negócio, acreditando em si próprio, acreditando no extraordinário potencial de riquezas deste Brasil imenso, e confiando em DEUS! Somos todos dependentes de DEUS!

O rei Davi teve dias maus. Salmos 55: 4 e 5 nos diz: "Estremeceu-me no peito o coração, terrores de morte me salteiam; temor e tremor me sobrevêm, e o horror se apodera de mim".

Prezado leitor, o homem é muito falho... Davi com sua riqueza e seu poder bélico, mesmo temido pelos povos da época, que se quebrantava perante Deus, tinha seus momentos de pânico... E isso nos parece incrível, não obstante, ter medo faz parte da essência do homem... Mas o medo não pode nos paralisar...

Precisamos combater o bom combate... E Deus é o nosso socorro... Se não nos posicionarmos e não permanecermos firmes nos dias maus, não progrediremos... Muito pelo contrário, a nossa paralisia atará as mãos de Deus para agir em nosso favor.

Em 2 Crônicas capítulo 12 Roboão, neto de Davi, virou as costas para

DEUS e tudo se perdeu muito rapidamente... As riquezas que Davi tinha amealhado e que Salomão havia aumentado exponencialmente, foram levadas por Sisaque, rei do Egito, que tomou todas as cidades fortificadas de Judá, e que tomou ainda a cidade de Jerusalém.

Quando nos distanciamos de DEUS, começa a nossa derrota! Nunca esqueça isso! E a mim, muito impressiona a história da mulher cananéia descrita em

Mateus 15: 21 a 28. Essa mulher tinha filha endemoniada, e acreditava fortemente que Jesus poderia curar sua amada filha. Então, o seguiu e clamava por socorro e por compaixão. Jesus não respondeu e nem se importou com ela, porém ao ser interpelado por seus discípulos que ele deveria mandar aquela mulher embora, disse-lhes:'Não fui enviado senão as ovelhas perdidas da casa de Israel".

A mulher cananéia se aproximou e adorou Jesus e pediu por socorro.

Então Jesus lhe disse: "Não é bom tomar o pão dos filhos e leva-lo aos cachorrinhos".

Veja leitor, Jesus compara aquela mulher a cachorros porque ela pertencia a um povo que não acreditava em Deus, e não foi por um povo que não crê em Deus que Jesus veio a Terra.

Mas a cananéia acreditava em Jesus, ela sabia que ele poderia curar sua filha. Então, ela disse ao Mestre: "Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa de seus donos". E Jesus se impactou com a tremenda fé daquela mulher, e falou a ela: "Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres".

No mesmo instante sua filha ficou completamente curada! Cidadãos, a nação brasileira precisa cura... O Brasil urge que lhe devolvam a decência... Precisamos todos clamar pelo socorro de Deus...

A vitória pertence aqueles que lutam até o final e eu, particularmente amo a frase: EU E DEUS. MAIORIA ABSOLUTA.

Não recue, nem desista de seus sonhos, meu prezado... O Brasil precisa e merece todo o nosso esforço!

João Antonio Pagliosa

Curitiba, 19 de maio de 2017

www.palestrantejoaopagliosa.blogspot.com.br

 

Outras Notícias